Safari na planicie africana

Safaris em África

os clientes Malagueta aprovam

África abre as portas à mais emocionante experiência de safari.

Não existe outro lugar na terra que concentre uma vida selvagem tão rica e abundante e uma diversidade de paisagens tão incríveis como no continente africano. Savanas douradas, lagos cintilantes, vales profundos, caldeiras gigantes, florestas densas e desertos sobrenaturais são o palco das grandes estrelas da National Geographic e o domínio de tribos fascinantes.

A Malagueta Viagens convida a fazer parte de uma incrível expedição, a fotografar a silhueta de uma acácia solitária na planície vermelha, a emocionar-se com uma cena de caça, a contemplar a imensidão da savana a partir de um balão de ar quente, a sentir-se ínfimo perante a infinidade da natureza.

 

 

SUGESTÕES DE VIAGEM by Malagueta

Safaris

Quénia “Os Lagos e a Savana”| 3 Noites de Safari + 5 Noites em Zanzibar | Desde 3.100€

Quénia – “Uma Janela para o Kilimanjaro”| 5 Noites de Safari + 5 Noites em Zanzibar | Desde 3.450€

Tanzânia “O Ciclo da Vida Selvagem” | 4 Noites de Safari + 5 Noites em Zanzibar | Desde 3.850€

“Entre o Quénia e Tanzânia” | 7 Noites | Desde 3.700€

 

“Quénia e Gorilas do Uganda” | 7 Noites | Desde 3.850€

Uganda “Gorilas na Bruma” | 7 Noites | Desde 5.500€

Namibia “De Etosha ao Deserto” | 7 Noites | Preço sob consulta

África do Sul “À Descoberta do Kruger” | 7 Noites | Preço sob consulta

 

Safaris de Luxo

Para além dos safáris clássicos temos uma oferta de experiencias exclusivas que incluem diferentes possibilidades como voar de avioneta entre os parques, dormir em tendas de luxo, desenhar o seu próprio programa ou ser o condutor desta fantástica jornada.

“Tanzania Sky Safari” | 7 Noites de Safari | Desde 7.900€

 

Um Safari combina com…

Praia. Depois de uma viagem que inclui acordar bem cedo e muitas horas a andar de carro por estradas de terra batida, uns dias de tranquilidade numa praia incrivél são mais do que merecidos. Existem diversas, e boas, opções junto à costa africana.

 

Safaris de Lua de Mel

Um safari como viagem de lua de mel garante experiências realmente incríveis. A beleza da selva africana, a emoção dos grandes animais selvagens, a imensidão da savana vista a partir de um passeio de balão, um jantar a dois surpreendido pela passagem de uma manada de elefantes, um brinde ao por do sol mais incrível de sempre. À aventura e emoção de um safari juntamos a beleza das praias Zanzibar, Seicheles, Maurícia, Bazaruto ou Maldivas são algumas das opções.

OUTROS DESTINOS DE LUA DE MEL

 

🙂

Para além das propostas aqui publicadas dispomos de muitas outras ofertas de safari, para saber mais consulte-nos.

Sobre os Safaris

A África Oriental é uma terra de abundante vida selvagem, mas com tantas opções de safari pode ser difícil de escolher a opção mais indicada. A Malagueta Viagens tem todo o gosto em ajudar na seleção do programa indicado tendo em conta a época do ano e o tipo de experiência pretendida.

 

A grande migração é um dos maiores espetáculos da natureza e acontece entre a região do Serengeti na Tanzânia e do Masai Mara no Quénia, com milhares de gnus, zebras e gazelas a atravessarem as planícies em busca de alimento num ciclo sem fim.
Este evento ocorre quando as estações mudam e o alimento escasseia forçando estes animais a procurarem novos pastos.
Geralmente é a partir de Março que as primeiras manadas começam a partir do sul do Serengeti em direção ao norte, atravessando o rio Mara algures entre os meses de julho e setembro. Em Outubro iniciam a descida em direção ao Serengeti fechando ali o ciclo da grande migração.

 

Assistir à Grande Migração

Em Janeiro é expectável que as manadas já estejam nas planícies do sul do Serengeti ou no sul de Loliondo na Tanzânia. Fevereiro é quando nascem as crias dos gnus e este acontecimento atrai diversos tipos de predadores. Em Março os animais partem em direção à área de Seronera e oeste de Ngorongoro. Em Abril as manadas começam a migrar para oeste e norte rumo às pastagens mais fartas. Maio marca o final da época das chuvas no leste do Serengeti e no norte de Ngorongoro, e os rebanhos juntam-se para iniciar a grande marcha. Nesta altura o Serengeti ocidental é o melhor lugar para observar a migração.
Em Junho dá-se a chegada da Migração ao Corredor oeste do Serengeti e na Reserva Grumeti e surge o primeiro grande obstáculo atravessar o rio Grumeti repleto de crocodilos. Um hotel próximo do rio proporcionará uma experiência incrível. O segundo obstáculo é o rio Mara também ele pejado de crocodilos, será entre Julho e Setembro que as manadas o irão atravessar para alcançar as pastagens de Masai Mara.
De Outubro a Novembro os dois lados do Rio Masai estão lotados pelas manadas que em Dezembro iniciam uma descida rápida em direção ao Serengeti.

 

Grande Migração: Tanzânia ou Quênia?

Tanto o Quênia como a Tanzânia fazem parte do grande ecossistema Masai Mara – Serengeti. Ambos são fantásticos para fazer um safári em qualquer época do ano, no entanto se o foco da viagem é assistir à Grande Migração deve-se ter em conta que 75% do percurso dos gnus ocorre dentro do Serengeti, na Tânzania, assim como alguns dos pontos altos como o nascimento das crias e a travessia do rio Grumeti. A travessia no Rio Mara, é visível tanto do lado do Quénia como na Tanzânia, sendo que este último tem a vantagem de ser menos turístico.
Por outro lado o Quénia pode ter vantagens, nomeadamente nos meses de outubro e novembro em que é mais provável que a maioria dos animais se encontrem do lado queniano do Rio Mara. Além disso os safaris no Quénia tendem a ser mais económicos que os safaris na Tanzania, o que pode ser decisivo quando existe um budget a cumprir.

 

 

Safaris Express / Short Safaris

Para quem pretende fazer um safári em África mas tem poucos dias para fazer, os programas de Safari Express permitem desfrutar de uma passagem rápida pelos melhores Parques Nacionais e Reservas do Quênia ou da Tanzânia, como o Masai Mara, o Parque Nacional Serengeti e a Cratera do Ngorongoro.

Estes programas de safari foram desenvolvidos a pensar nos viajantes que disponibilizam de pouco dias para viajar, têm um orçamento mais limitado ou pretendem combinar uns dias de safari com um destino de praia.

 

 

QUÉNIA

Lago Nakuro
O Parque Nacional Lago Nakuru apesar de ser um dos parques mais pequenos do Quénia é certamente um dos melhores. Tornou-se especialmente famoso por ser o palco do maior espetáculo ornitológico do planeta, de março e setembro, quando recebe mais de um milhão e meio de flamingos
Além disso, o Lago Nakuru desempenha um papel fundamental na conservação de espécies ameaçadas como o rinoceronte branco e o preto. Em 1987 foi declarado como um santuário da espécie e é atualmente a casa da maior população de rinocerontes do Quênia.
Para além de flamingos e rinocerontes, as estrelas maiores do Lago Nakuro, podem ser avistadas 450 espécies de aves, girafa Rothschild, búfalos, hipopótamos, zebras, gazelas,antipole, babuínos, colobus e predadores, como leões, leopardos ou hienas.

Lago Naivasha
É o maior lago do Quênia e fica localizado entre Nairobi e o lago Nakuro.
É o lar de uma incrível variedade de pássaros, mais de 400 espécies, bem como uma boa comunidade de hipopótamos e antílopes. Importante fonte de água doce atrai para as suas margens uma abundante vida selvagem e um passeio de barco é uma das formas mais interessantes que contatar com a flora e fauna deste local.

Amboseli
O Parque de Amboseli pertence á elite dos parques nacionais do Quênia, sendo uma das reservas mais visitadas de áfrica. A sua maior atração é o cenário mundialmente famoso de manadas de elefantes a atravessarem as planícies com o gigante Monte Kilimanjaro em plano de fundo.
É sem duvida uma dos mais bonitos visuais de um safari e Ver o nascer ou o pôr do sol em Amboseli é um experiencia a não perder.
Apresenta uma paisagem magnífica de planícies de vegetação rasteira e grandes áreas pantanosas que atraem uma grande diversidade de animais, como gnus e zebras ,búfalos, girafas e predadores como leões, chitas, hienas e cerca de 370 espécies de aves.

Masai Mara
É a estrela dos parques quenianos e um local incontornável quando se trata de um safari no Quénia. Fica localizado no sudeste do país, na fronteira com a Tanzânia e faz parte do ecossistema Serengeti-Mara, no qual acontece a Grande Migração.
Masai Mara encontra-se no Grande Vale do Rift e destaca-se pela paisagem diversificada que inclui rios, vastas planícies, escarpas e planaltos. A vida selvagem no Masai Mara é impressionante e 40% dos maiores mamíferos da África podem ser encontrados ali. Para além dos leões, chitas e leopardos, há elefantes, rinocerontes, hipopótamos, búfalos, zebras, girafas, babuínos e, durante a grande migração, centenas de gnus.
Na proximidade do parque existem várias aldeias Massai, tribo que ao longo dos séculos desenvolveu uma relação sinérgica com a vida selvagem.

 

TANZÂNIA

Parque Nacional de Tarangire
O Parque Nacional de Tarangire localiza-se a sudoeste de Arusha. Devido à sua proximidade com os dos “gigantes dos safaris”, Serengeti e Ngorongoro, não é tão valorizado como devia o que se traduz num parque fantástico com muito pouco turismo.
É especialmente incrível entre julho e outubro quando o rio Tarangire, se torna uma das poucas fontes de água durante a estação seca, atraindo para as suas margens várias espécies de animais.
Tarangire é, depois do Serengeti, o parque que reúne a segunda maior concentração de vida selvagem da Tanzânia e a maior concentração de elefantes do mundo. Tem uma população residente de cerca de 700 leões, que proporciona avistamentos frequentes, e alguns leopardos e chitas que partilham a área com grandes rebanhos de zebras, gnus e oryx assim como búfalos, girafas e outras espécies de ungulados (animais de casco).
É um dos melhores destinos da Tanzânia para observação de pássaros reunindo cerca de 450 espécies, numa paisagem que inclui planícies e pântanos e onde se destacam as colossais árvores baobás um dos símbolos de Tarangire.

Cratera de Ngorongoro
Este é sem dúvida um dos locais mais extraordinários, não só da Tanzânia, mas do mundo.
Para além da beleza indiscutível da gigante caldeira existe algo mais profundo. Ngorongoro é um local de misticismo absoluto, um Jardim do Éden que abriga perto de 25 mil animais. Ali podem ser encontradas as principais espécies da africa ocidental, com exceção das girafas, nomeadamente a maior população de leões e predadores de África, e é praticamente garantido o avistamento dos “Big 5”.
Nada se compara à maravilha natural da Cratera de Ngorongoro que é merecidamente Património Mundial da Unesco.

Serengeti
É o maior destino de observação da vida selvagem do planeta e um dos cenários principais dos grandes documentários da BBC e da National Geografic sobre a selva africana. Palco principal do fenómeno da grande migração é famoso pela imensidão das suas planícies e por corresponder ao imaginário da savana. O ambiente em tons ocre, a silhueta de uma acácia solitária, o laranja intenso dos finais de tarde e gnus e zebras migrando aos milhões, seguindo ritmo ancestral das estações do ano. É um lugar épico para a vida, mas também para a morte num jogo trágico de equilíbrio entre presas e predadores. Leões, leopardos, chitas, hienas, chacais e muitos outros que protagonizam incríveis cenas de caças.

Dicas de Viagem & Férias

Quando ir?

É difícil dizer qual a melhor época para ir pois depende muito do destino e da experiência que se valoriza. Por exemplo no Quénia, a melhor época para assistir à Grande Migração em Masai Mara é entre junho e outubro. Já na Tanzânia, fevereiro é um bom mês para assistir às movimentações dos gnus e zebras no sul do Serengeti enquanto os meses de verão são aconselhados para avistar leões e outros felinos e assistir a cenas de caça. No Uganda, a melhor altura para observar os gorilas decorre entre junho e setembro.

Quanto tempo?

Para quem pretende uma experiência de safari mais curta com passagem apenas por alguns dos parques mais emblemáticos existem shorts safaris de 3 a 5 dias ideais para combinar com uns dias de praia. Já para os verdadeiros amantes de viagens de expedição, os programas mais longos garantem a oportunidade de visitar mais locais e uma maior probabilidade de assistir a cenas únicas.

O que levar na sua bagagem?

Roupa e calçado  prático e confortável, adequado a muitas horas a andar de carro, e chapeu para proteger do sol. Os dias começam de madrugada com temperaturas mais baixas mas durante o dia as temperaturas sobem consideravelmente. É imprescindível a máquina fotográfica.

Onde Ficar?

Não existe muita oferta de alojamentos pelo que as opções apresentadas estão relacionadas com a disponibilidade existente em determinada região. Nalgumas dessas zonas existe uma oferta mais variada e é possivel apresentar diferentes categorias, do mais simples ao mais sofisticado, enquanto noutras a oferta é muito reduzida.

E os Miúdos Podem Ir?

Podem. Apesar de não ser o destino mais indicado para viajar com os mais pequenos, por ser u cansativo, com muitas horas a andar de carro e uma logística pouco compatível com crianças, podemos apresentar um safari que se adapte a toda a família com alguns ajustes que permitam que todos desfrutem desta experiência.

Um Safari para Lua de Mel ?

É uma excelente escolha!
Poucos destinos conseguem oferecer o tipo de experiência de um safari. Se gostam de aventura, vida selvagem, adrenalina e acordar cedo, este é um destino a considerar. Depois rumem a uma praia paradisíaca para uma viagem perfeita!

 


Interesse neste destino?


Cotação por medida

Avance com a sua pré-reserva de forma simples e eficaz! É rápido e não tem que fazer qualquer tipo de registo. É a forma mais simples de receber uma cotação feita à sua medida!

Apoio ao cliente

Fale com umas das nossas assistentes. Teremos todo o gosto em responder às suas perguntas!

Ligue 243 329 022 ou 969 363 885 das 09.00 às 13.00 Horas e das 14.00 às 18.00 Horas. Até já!