Paisagem montanhosa da ilha reunião

Viagem de férias Ilha Reunião

os clientes Malagueta aprovam

Em pleno oceano índico, a poucos kms da Maurícia, encontra-se a ilha Reunião, um lugar praticamente inexplorado e possivelmente um dos pontos mais intrigantes na terra.

Imagine o “Jurassic Park” com montanhas e declives incríveis, florestas densas e tropicais, cascatas surpreendentes e vulcões ativos, assim é a Reunião uma ilha dominada por cenários dramáticos e uma natureza imaculada.

É um destino perfeito para os amantes de aventura, apaixonados por caminhadas e atividades outdoor, mas também cativante para a descoberta de uma cultura única que funde tradições crioulas e influência francesa.

 

SUGESTÃO DE VIAGEM by Malagueta

Reunião, Terra de Vulcões

 

ITINERÁRIO

Dia 1 – Destino: Reunião

Comparência no aeroporto 3 horas antes da partida para formalidades de embarque. Partida no voo com destino à ilha da Reunião, via cidade de escala. Noite e refeições a bordo.

 

Dia 2 – O Cirque de Salazie

À chegada ao aeroporto internacional da ilha, que fica localizado junto à capital Saint Dennis, e após recolha da viatura de aluguer, é tempo de iniciar a aventura por esta terra moldada por vulcões.
Há muitos anos quando Piton des Neiges desabou deu origem a um trio de caldeiras, os cirques de Salazie, Cilaos e Mafate. O destino final deste primeiro dia de viagem fica em pleno Cirque de Salazie, mas pelo caminho há muito para conhecer.
Em Sainte-Suzzane, vale a pena sair da estrada principal para uma foto junto à Cascata Niagara seguindo depois para Saint André, uma cidade perfumada pela baunilha da plantação Roulof onde sugerimos uma paragem antes de seguir para o Templo Tamoul “Le Colosse” que fica junto à costa.
Saindo de Saint André em direção às montanhas, a 1350 m de altitude encontra-se Hell-Bourg, uma vila de alma crioula e casario colorido onde se destaca a charmosa Maison Folio. A partir daqui é possível fazer trilhos, com diferentes graus de dificuldade, que conduzem a cascatas incríveis e paisagens de cortar a respiração.
Alojamento em Hell-Bourg.

 

Dia 3 – Na Rota do Vulcão

Pequeno-almoço no hotel.
É preciso levantar bem cedo, voltar a descer até Saint André e contornar a cordilheira para seguir a rota do vulcão.
A viagem não é longa, mas a beleza das paisagens obriga a constantes paragens o que atrasa o encontro com o Piton de la Fournaise, um dos vulcões mais ativos do mundo.
Em Plaine des Cafres, uma zona plana que fica entre os 3 cirques e o Piton de la Fournaise, paragem obrigatória junto ao Belvedere de Bois Court e na La Cité du Volcan, uma casa museu que faz uma introdução científica aos fenómenos geológicos da ilha.
Já na estrada florestal que faz a ligação à base do vulcão existem vários miradouros com vistas incríveis para o vale do rio Remparts, a cratera Commerson e Pas de Bellecombe. Não menos incrível é Plaine des Sables, uma paisagem lunar que circunda o gigante de 2632m de altitude e que se apresenta como um deserto vermelho numa ilha onde predomina verde.
Alojamento em Plaine des Cafres.

 

Dia 4 – O Sul Selvagem
Pequeno-almoço no hotel.
A manhã começa com um passeio pela floresta mágica de Bebour Belouve, um local que parece ser habitado por elfos e fadas.
Não menos fabuloso é o vale Takamaka uma paisagem com íngremes muralhas esmeralda que ladeiam um dos maiores cursos de água da ilha, o Riviere des Marsouins.
A viagem em direção ao sul da ilha faz-se passando por Sainte Rose, local da famosa ponte suspensa de East River e por L’Anse des Cascades uma pequena enseada enfeitada por palmeiras e cascatas. A partir daqui a estrada até Saint-Philippe é conhecida como a “La route des Laves” e atravessa o Grand Brûlé, a parte costeira da última caldeira formada pelo Piton de la Fournaise.
Na povoação de Longevin um pequeno desvio conduz até à maravilhosa cascata de Grand Galet.
O dia termina junto ao mar com uma primeira paragem na praia de Grand Anse, e terminando em St. Pierre, a capital do sul.
Alojamento em St. Pierre.

 

Dia 5 – O Cirque de Cilaos

Pequeno-almoço no hotel.
Dia para conhecer mais um dos cirques da ilha Reunião, o cirque de Cilaos. O caminho faz- se entre escarpas, serpenteando por uma estrada sinuosa. É preciso ultrapassar 400 curvas para encontrar, aninhada no coração do magnífico cirque, a cerca de 1.200 metros de altitude, a estância termal de Cilaos. Encantadora, solarenga e com uma excelente energia é um otimo ponto de partida para fazer caminhadas, oferecendo cerca de 80km de trilhos que fazem a ligação a locais como Mare à joncs, Roche Merveilleuse, floresta Tapcal, Col du Taibit ou ao Vulcão Piton des Neiges.
Cilaos parece um parque de diversões tal a quantidade de coisas que há para fazer. Tem um spa, o único da ilha, uma lagoa ideal para passeios de gaivota, caiaque e barco, tem lojas e restaurantes que recomendam especialidades como as tradicionais lentilhas e o vinho de Cilaos, a única região vinícola da ilha.
Alojamento em Cilaos.

 

Dia 6 – Rumo a Oeste

Pequeno-almoço no hotel.
A palavra Cilaos deriva da palavra malgaxe “tsilaosa” que significa qualquer coisa como “local de onde não se consegue sair”. E mesmo sem vontade, é tempo de voltar a percorrer a estrada sinuosa e seguir em direção a uma nova região, a costa oeste. O oeste da Reunião é a melhor zona para aproveitar a praia, ver baleias e fazer passeios de helicóptero.
Seguindo pela estrada junto á costa, sempre com a companhia do mar, passa-se por Souffleur, Pointe au Sel, Saint-Leu e chega-se a Saline-Les-Bains onde uma baia rasa protegida pelo recife se estende, ao longo de 6km, até Saint-Gilles.
Alojamento em Saline-Les-Bains.

 

Dia 7 – O Cirque de Mafate

Pequeno-almoço no hotel.
O último dia na ilha Reunião está reservado para descobrir o terceiro cirque, Mafate. Apesar do Cirque de Mafate ser acessível apenas a pé ou de helicóptero, uma subida até ao Miradouro de Le Maido oferece uma boa perspetiva do mesmo. A Malagueta viagens sugere ver o nascer do sol a partir deste miradouro para uma experiência memorável.
Regresso à zona costeira com passagem por l’Hermitage-les-Bains, Saint-Gilles e a Plage des Roches Noires, e Boucan Canot, zonas balneares de excelências, seguindo-se depois por Saint – Paul e Le Port a partir de onde se inicia a subida até Cap Noir um promontório que oferece um panorama espetacular do circo Mafate.
Continuação até á capital de Saint Dennis e depois para o aeroporto para entrega da viatura de aluguer e formalidades de embarque para o voo de regresso a Portugal ou, conforme a opção pretendida, em direção à Maurícia.

 

Combinado Reunião + Maurícia

Este programa na ilha Reunião pode ser combinado com 4 noites (possibilidade de acrescentar noites) na ilha Maurícia.
PREÇOS A PARTIR DE 2.050€ p/pessoa

 

🙂

Os nossos programas são flexiveis e podem ser ajustados de acordo com as suas necessidades e/ou preferências.

Serviços Incluídos

Voo i/v em classe económica; Taxas aeroportuárias; 5 noites de Alojamento com pequeno-almoço; Aluguer de viatura classe económica para a totalidade dos dias com recolha/entrega no aeroporto; Seguro de assistência em viagem.

Serviços Não Incluídos

Extras de carácter pessoal; Suplementos aéreos ou outros; Taxas locais quando aplicadas; Tudo o que não conste no itinerário e/ou itens incluídos

Notas Importantes

Preços válidos para um mínimo de 2 participantes | Lugares Limitados | Esta oferta está baseada nos custos dos serviços e taxas de câmbio vigentes à data de elaboração do programa, pelo que poderá sofrer alterações mediante as disponibilidades no momento da reserva.

viagem-ferias-reuniao

viagem-ferias-reuniao

Dicas de Viagem & Férias

Quando ir?

Entre Novembro e Abril (época de verão) as temperaturas rondam os 30º e existe muita humidade e probabilidade de chuvas. Mas é nesta altura do ano que as cascatas e a vegetação tropical se tornam mais impressionantes.
Entre Maio e Outubro o clima é mais seco (época de inverno), mas ainda com boas temperaturas (cerca de 25 ° C durante o dia).
Entre Julho e Outubro é a altura ideal para a observação de baleias.
Existem muitos microclimas na ilha, que variam de acordo com localização e altitude, mas na costa por regra está sempre sol e calor.

Quanto tempo?

Para visitar os pontos mais importantes são necessários pelo menos de 6 dias. Se a ideia é fazer caminhadas e conhecer mais profundamente o destino então o programa deverá ser reforçado com noite extras.

O que levar na sua bagagem?

Tendo em conta as diferenças de temperatura que se podem fazer sentir nos diferentes pontos da ilha o melhor é apostar em roupa prática e que possa ser vestida em camadas (T-shirt, sweat e impermeável para ir vestido ou despindo à medida do necessário), calçado fechado e confortável que adapte a condições “todo o terreno”. E claro, roupa de banho porque a qualquer altura pode surgir um lago ou cascata com um convite irrecusável.

Onde Ficar na Reunião?

Apesar de ser uma ilha relativamente pequena a geografia da ilha faz com que algumas distâncias, ainda que curtas, demorem bastante tempo a ser percorridas. Assim, o melhor é fazer um circuito pela ilha com alojamento em localizações diferentes. Outra opção para quem não aprecia andar sempre a mudar de hotel é dividir a estadia por duas ou três regiões distintas que permitam servir de base para aceder a vários pontos da ilha.

E os Miúdos Podem Ir?

Sem dúvida que sim. Claro que fazer trilhos longos ou atividades mais radicais na companhia de crianças pequenas poderá não ser muito compatível, mas podemos adaptar a viagem a essa realidade. Quanto à Reunião é um destino que tem condições para receber visitantes de qualquer idade.

Lua de Mel na Reunião

A Reunião é um excelente destino de lua de mel principalmente para os noivos que procuram mais do que uma praia paradisíaca e um resort com tudo incluído. Aventura, Cultura e Natureza são palavras de ordem nesta ilha do indico.
A Malagueta Viagens sugere um combinado Reunião & Maurícia que associa a emoção da descoberta à tranquilidade de uma praia perfeita.

Cultura

A Reunião tem uma cultura rica e diversificada que nasceu da mistura de vários povos ao longo dos séculos. Este caldeirão de influências africanas, asiáticas e europeias transparecem através da música, dança e gastronomia. Um passeio pelas várias localidades, e seus mercados locais, são um regalo para quem gosta de mergulhar na verdadeira essência deste destino.

Praia

O principal atrativo da Reunião não são as praias e, devido aos frequentes avistamentos de tubarões, apenas algumas permitem banhos no mar. Para quem gosta de terminar uma viagem com uns dias numa boa praia a Malagueta viagens sugere um programa de viagem que combine Reunião e Maurícias (40 minutos de voos).

Sabia Que?

 


Interesse neste destino?


Cotação por medida

Avance com a sua pré-reserva de forma simples e eficaz! É rápido e não tem que fazer qualquer tipo de registo. É a forma mais simples de receber uma cotação feita à sua medida!

Apoio ao cliente

Fale com umas das nossas assistentes. Teremos todo o gosto em responder às suas perguntas!

Ligue 243 329 022 ou 969 363 885 das 09.00 às 13.00 Horas e das 14.00 às 18.00 Horas. Até já!